Quarta, 19 de Junho de 2024
Brasil Meio Ambiente

Brasil não renovará acordo com criador alemão de ararinha-azul

A medida não afetaria a recuperação e a conservação da espécie ameaçada de extinção e exclusiva da Caatinga, avalia o ICMBio

22/05/2024 11h09
Por: Redação Fonte: O Eco
Foto - Reprodução O Eco/ Cromwell Purchase/ACTP/Divulgação
Foto - Reprodução O Eco/ Cromwell Purchase/ACTP/Divulgação

O Governo Brasileiro não renovará um acordo assinado há 5 anos com a ACTP, sigla em Inglês da Associação para a Conservação de Papagaios Ameaçados de Extinção. A medida não interromperia a reintrodução da ararinha-azul na Caatinga, mas pode ter outros impactos socioambientais. 

“Foi uma decisão colegiada com MMA (Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima) e Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis)”, diz o presidente do ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), Mauro Pires.

A parceria firmada em 7 junho de 2019 viabilizou a reintrodução de aves transferidas da Alemanha em unidades de conservação na Caatinga, onde a espécie (Cyanopsitta spixii) estava extinta desde os anos 2000, por tráfico e destruição ambiental. Parte das 20 aves soltas em 2022 foi alvo de predadores. Nos anos seguintes não houve solturas.

Continua após a publicidade

“A reintrodução da ave no Brasil pode atrasar um pouco, mas os animais em outros criadouros são suficientes para manter o programa de conservação da espécie”, avalia o diretor de Pesquisa, Avaliação e Monitoramento da Biodiversidade do ICMBio, Marcelo Marcelino de Oliveira.

As 315 ararinhas-azuis reconhecidas pela autarquia estão nos zoológicos privados Pairi Daiza (22), na Bélgica, e Greens Zoological, Rescue and Rehabilitation Centre (26), na Índia, no Zoológico de São Paulo (27), concedido à iniciativa privada em 2021, num criadouro mantido por ACTP e ICMBio na baiana Curaçá (40) e na própria ACTP (200), em Rüdersdorf, a 30 km da capital alemã Berlim. 

“A ACTP abriga uma população atual de 267 araras-azuis e uma prole anual de 60 aves, podendo sustentar uma população crescente e fornecer 20 aves anualmente para soltura no Brasil”, revela o presidente da entidade alemã, Martin Guth.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Terra Nova, BA
Atualizado às 14h07
28°
Parcialmente nublado

Mín. 19° Máx. 28°

28° Sensação
3.97 km/h Vento
48% Umidade do ar
100% (0.66mm) Chance de chuva
Amanhã (20/06)

Mín. 19° Máx. 28°

Chuvas esparsas
Amanhã (21/06)

Mín. 19° Máx. 28°

Chuvas esparsas
Mais lidas
Ele1 - Criar site de notícias